Trupe do Circo Arianos pede ajuda à comunidade para se manter enquanto não pode fazer espetáculos. Doze pessoas estão sem trabalho e arrecadação, há três semanas, no distrito de Sapucaia

Desde que a Covid-19 foi declarada uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as atividades que reúnem público no país foram paralisadas, trazendo prejuízos ainda incalculáveis aos grupos e produtores culturais, como é a caso dos trabalhadores do Circo Arianos, que vivem em clima de incerteza quanto ao futuro. O circo é do Norte…